Clique Aqui e veja mais imagens BEM VINDO AO OLHAKIONLINE -UM ANO DE 2016 DE MUITA PAZ. Nosso ibope é assim, Obrigado por acessar Clique Aqui e veja mais imagens

SUPER MINI PROJETOR PROJETA ATE 100 POLEGADAS

quarta-feira, 27 de julho de 2011

CE: ossada humana é encontrada em caixa enviada pelos Correios


Imagem de um aparelho de raio-x dos Correios mostra ossada humana em caixa enviada do Rio de Janeiro (RJ) para o município de Viçosa do Ceará, a 348 .... Foto: Polícia Civil/Divulgação
Imagem de um aparelho de raio-x dos Correios mostra ossada humana em caixa enviada do Rio de Janeiro (RJ)
Foto: Polícia Civil/Divulgação

    Um assalto contra um caminhão dos Correios levou funcionários da estatal a localizar um pacote com uma ossada humana, em Croatá (CE), a 352 km de Fortaleza. O ataque criminoso ocorreu na última sexta-feira, quando os ladrões roubaram o motorista do veículo e, ao perceberem a presença dos restos mortais, abandonaram a caixa. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa do Ceará identificou o remetente da correspondência mas rechaçou nesta quarta-feira indiciá-lo por crimes.
    Os assaltantes, segundo a investigação, desconheciam a existência da ossada e deixaram a caixa para trás depois de abrirem vários pacotes roubados. A correspondência enviada do Rio de Janeiro (RJ) tinha como destino o município de Viçosa do Ceará, a 348 km da capital cearense, onde mora a família do homem morto, que teve seus restos mortais enviados pelos Correios.
    "Houve ingenuidade e desconhecimento total sobre as necessidades legais para enviar uma ossada", relatou o responsável pelo caso, delegado Franco Pinheiro. O corpo foi exumado, conforme ele, com autorização dos parentes e do município cearense em um cemitério no Rio, mas ao invés de ser levado a uma funerária, uma pessoa leiga procurou os correios para realizar o transporte.
    "Não entendo que tenha havido um crime, mas sim uma irregularidade de ordem sanitária. Houve na verdade ignorância do responsável pelo envio, que não tinha qualquer licença da Anvisa (Agência Nacional de Saúde)." O delegado encaminhou o caso para o Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro analisá-lo e deu a investigação como encerrada. Já a assessoria dos Correios informou que fiscaliza apenas por amostragem os pacotes de correspondência através da utilização de aparelhos de raio-x.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário