Clique Aqui e veja mais imagens BEM VINDO AO OLHAKIONLINE -UM ANO DE 2016 DE MUITA PAZ. Nosso ibope é assim, Obrigado por acessar Clique Aqui e veja mais imagens

SUPER MINI PROJETOR PROJETA ATE 100 POLEGADAS

terça-feira, 12 de julho de 2011

Coisas loucas para fazer com o Google Earth


Google Earth é um programa que deixa você passear por diversos locais do globo terrestre, conhecendo detalhes sobre a cidade onde vive ou quer visitar. Com diversos recursos interessantes, ele está cada vez melhor, integrando inclusive o Street View e o Maps em seu conteúdo.
Entretanto, há muito mais a se fazer com o Google Earth, mesmo que você ainda não saiba disso. Que tal pular de paraquedas com a ajuda do software? Ou, quem sabe, descobrir os segredos da humanidade? Portanto, fique ligado e saiba que há mais coisas sobre o Google Earth que você não tinha ideia!

SkyDiving

Talvez a coisa mais radical a se fazer como o Google Earth é praticar paraquedismo dentro de um galpão. Sim, você leu certo! Para participar o Google Demo Slam, um grupo de japoneses resolveu criar um simulador usando o software para dar um ar mais “real” para a brincadeira.
Para isso, os participantes estavam suspensos em cordas, enquanto imagens projetadas do Earth eram mostradas no solo. Adicionando um “pouco” de vento, alguns papéis azuis e extintores para que as “nuvens” passem por você, aí está uma verdadeira diversão para quem acha que só passear pela tela do computador não é suficiente.
O vídeo mostra também que as pipocas podem ser participantes especiais na brincadeira. Afinal, quem não gostaria de “pular de paraquedas” segurando um pote de pipocas para vê-lo voar com a força do vento, não é mesmo?

Mande um recado para a galera

Nada como mandar um recadinho para o pessoal, que pode ser lido por qualquer pessoa através do Google Earth. Se você acha isso impossível, saiba que a “peripécia” já foi realizada por Nick Newcomen, que passou 30 dias viajando pelos Estados Unidos só para que as pessoas lessem o que ele tinha para dizer.
Com a ajuda de um GPS, que funcionou como uma caneta ao ser ativado apenas em locais onde deveria haver uma marcação, Newcomen escreveu a frase “Read Ayn Rand”, ou seja, “Leia Ayn Rand”, em referência a uma filósofa que viveu no século passado.
Leia Ayn Read (Fonte da imagem: Divulgação)
Enquanto a mensagem do viajante pregava uma leitura que, segundo ele, leva a uma visão mais otimista do futuro, você pode passear pelo Brasil e, quem sabe, mandar um recado dizendo que o jantar está na mesa ou que você ama qualquer banda da atualidade. E você achando que ninguém lê aquilo que você escreve, hein!

Simulador de voo

Já há algum tempo, o Google Earth possui um simulador de voo em seu interior. Basta clicar na sequência Ctrl+Alt+A para escolher entre duas aeronaves e selecionar a posição atual, saindo de onde você está ou decolando de aeroportos de todo o mundo.
O simulador possui compatibilidade com joystick, fazendo com que você controle o avião também com a ajuda desse periférico. A Google disponibiliza, em seu site, informações sobre como controlar o simulador, inclusive mostrando os atalhos de teclado para todas as plataformas.
Simulador de voo (Fonte da imagem: Reprodução/Google Earth)
Com tantas novidades na visualização de imagens do Google Earth, uma alternativa que já era interessante continua atual e divertida. Fique esperto e não deixe que seu avião caia, tornando-se o melhor piloto do “programa”.

Desvendando os mistérios das marcas extraterrestres

Você certamente já deve ter ouvido falar dos Círculos de Colheita (Crop Circles), marcas desenhadas no solo em plantações de trigo. Uma das teorias afirma que tais símbolos foram desenhados por seres alienígenas, que tentam se comunicar com os humanos.
Como essas marcas só podem ser visualizadas ao sobrevoar a plantação, nada melhor do que o Google Earth para que você tenha material mais do que suficiente para tentar desvendar os segredos do universo ou a linguagem dos visitantes espaciais.
Agora, se você não acredita nesse tipo de coisa e acha que Círculos de Colheita são feitos pelo homem e não por pessoas verdes que resolveram prestar uma visita, use imagens como do logo da Mozilla para provar seu ponto de vista. Porque, afinal, será que os ETs usam Internet Explorer, Firefox, Opera ou Chrome?

Imagens bizarras e lugares secretos

Além das marcas em campos de trigo, o nosso planeta possui outras visualizações bizarras, feitas pelo homem ou pela natureza. Se você não quer gastar muito dinheiro passeando pelo mundo, é possível encontrar tais imagens no Google Earth.
Hotel em formato de crocodilo (Fonte da imagem: Map of Strange)
Entre as inúmeras fotos que surgem por aí, você pode encontrar lagartos gigantes, hotel em formato de crocodilo, um gigante no meio do deserto do Atacama e muito mais. Depois, quando você tiver a oportunidade de passar por todos esses lugares, quem sabe vai achar que seu país não é tão estranho assim.
Por falar em estranho, o Google Earth gera imagens esquisitas, deformadas pela combinação do 2D ao 3D. Isso acontece devido à sobreposição de fotos 2D à realidade 3D, já que os dois não trazem resultados compatíveis e sim defeitos para lá de estranhos (sem o uso do Photoshop).
Efeitos esquisitos (Fonte da imagem: Reprodução/Google Earth)
As imagens foram capturadas pelo artista plástico Clement Valla e podem ser encontradas, na sua totalidade, neste link, completando a sessão de bizarrices que você pode conhecer através do aplicativo.

Em três dimensões

Além disso, o programa traz ainda a oportunidade de conhecer diversas cidades em três dimensões, “entrando” em praças e museus, passeando por locais históricos ou conhecidos. Essa opção não está disponível para todas as cidades do mundo, porém já existem diversos locais que suportam a visualização em 3D.
Por mais bizarro que possa parecer, o Google Earth também permite que você visite a Lua, Marte e conheça as constelações que existem no céu. Ou ainda, regular a hora do dia ou em que ano está visitando certa localidade, conferindo nuances diferentes com o passar do tempo ou com a influência da luz do Sol.
Museu do Louvre em 3D (Fonte da imagem: Reprodução/Google Earth)
Essas opções nativas do programa fazem com que as possibilidades sejam ampliadas, dando a todo tipo de maluco a oportunidade de criar suas próprias teorias ou, ainda, realizar montagens e espalhar o conteúdo pela rede, usando o Google Earth como base para as especulações.

Conhecer o mundo

Apesar de todas as coisas malucas para se fazer no Google Earth, a grande vantagem do programa é que você pode passear por diversos lugares, conhecendo o mundo sem sair de casa. Claro, nada tão divertido como pular de paraquedas ou pilotar um avião, porém ainda capaz de proporcionar um bom passeio virtual por onde você bem entender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário