Clique Aqui e veja mais imagens BEM VINDO AO OLHAKIONLINE -UM ANO DE 2016 DE MUITA PAZ. Nosso ibope é assim, Obrigado por acessar Clique Aqui e veja mais imagens

SUPER MINI PROJETOR PROJETA ATE 100 POLEGADAS

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Goleiro acerta voadora nas costas de vascaíno e é dispensado do Sport


  • Diego Souza faz dois, e Vasco vence o Atlético-MG

    GALERIA DE FOTOS:

  •  A partida entre Vasco e Sport, pela terceira rodada da Taça BH de Futebol Junior, teve o final manchado por uma agressão promovida pelo goleiro titular do time pernambucano. Aos 46min do segundo tempo, quando o placar marcava 3 a 1 para os cariocas, o goleiro Gustavo acertou uma "voadora" nas costas do volante Elivélton durante confusão no gramado.
A partida, disputada no Campo Metaluzina, em Barão de Cocais, foi encerrada a seguir, assegurando a vitória de virada do Vasco. O árbitro Cleisson Veloso Pereira ainda expulsou o arqueiro.
O destino do goleiro foi definido em poucos minutos. Instantes após o jogo, o Sport 
informou por meio de seu site oficial o desligamento de Gustavo do elenco Sub-20 do clube.
"Quero pedir desculpas ao Vasco da Gama por uma atitude irresponsável do goleiro. Esse tipo de coisa não representa o Sport. Ele já foi afastado da delegação e também do clube. Jogador nenhum do Brasil e muito menos do Sport deveria fazer isso", afirmou o presidente do clube pernambucano, Gustavo Dubeux, ao site do Sport.
A briga se iniciou após o vascaíno Romário sofrer falta e ficar no chão esperando atendimento. Enquanto os jogadores discutiam, Gustavo correu a partir da área, saltou e acertou um forte chute pelas costas em Elivélton. Revoltados, os atletas do Vasco tentaram agredir o goleiro do Sport, mas ele foi afastado do campo.
Elivélton não caiu no gramado no momento em que foi atacado, mas a seguir se deitou e lhe foi levado o atendimento médico. Após ser mobilizado, o volante deixou o campo em uma ambulância para ser atendido em um hospital da região. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do jogador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário