Clique Aqui e veja mais imagens BEM VINDO AO OLHAKIONLINE -UM ANO DE 2016 DE MUITA PAZ. Nosso ibope é assim, Obrigado por acessar Clique Aqui e veja mais imagens

SUPER MINI PROJETOR PROJETA ATE 100 POLEGADAS

domingo, 7 de agosto de 2011

Apagão no Rio: secretário quer saber motivos de sobrecarga em subestação


O secretário municipal de Conservação, Carlos Roberto Osório, disse nesta sexta-feira que aguarda informações detalhadas de Furnas para saber as causas do apagão que atingiu diversos bairros do Rio de Janeiro.
Osório quer saber o que levou a essa sobrecarga e por que dos quatro transformadores com problemas três pararam de funcionar. De acordo com o secretário, o apagão foi causado por uma sobrecarga na subestação de Furnas, no Grajaú, Zona Norte do Rio.
"Não se sabe a causa ainda desse problema. A informação que temos é que (o apagão) foi numa subestação de Furnas, em quatro estações com problemas, três pararam de funcionar. Isso fez com que o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) determinasse o desligamento do fornecimento de energia em alguns bairros da cidade. O pico de energia acontece nos meses de verão por Furnas mas a Prefeitura vai pedir informações. Ainda não se sabe o motivo da sobrecarga. Estamos no inverno e o pico acontece no verão", afirmou o secretário.

Osório disse que a Secretaria acionou o Plano de Emergência, para que todo o efetivo da Guarda Municipal e da Cet-Rio fosse para a rua para controlar o tráfego manualmente. No plano de emergência, colocamos todo o nosso efetivo, Guarda municipal e sinal de transito. Também tivemos um maior relacionamento com os hospitais, escolas municipais e corpo de bombeiros.

Apagão serviu de teste para Centro de Operações

Ainda de acordo com o secretário, o transtorno com o apagão que durou cerca de 30 minutos foi grande. "O transtorno foi grande por causa que foi na hora do almoço e por ser numa sexta-feira", conta, dizendo que o apagão foi um teste para o Centro de Operações.

"Hoje tivemos um teste de fogo para nosso Centro de Operações. O apagão da hora do almoço afetou 10 bairros na Zona Sul e Grande Tijuca. Acionamos nosso plano de contingência e despachamos para as ruas 400 agentes da Cet-Rio e Guarda Municipal. Não tivemos nenhum acidente nem um nó no trânsito. Em resumo, nossos planos funcionaram! Estamos orgulhosos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário